Será que você sabe tudo sobre o ouvido humano?

Será que você sabe tudo sobre o ouvido humano?

Será que você sabe tudo sobre o ouvido humano?

O ouvido humano tem a importante função de absorver as ondas sonoras no ar e transmitir para o cérebro, processo que permite que você consiga escutar o barulho dos carros na rua, ouvir música e conversar com outras pessoas.

Eles inclusive continuam processando o som do ambiente mesmo durante o sono, mas é o cérebro que controla o funcionamento dos receptores de ruídos. Então, durante o sono profundo, o cérebro desliga grande parte de seus receptores para que os barulhos normais não atrapalhem o descanso.

O ouvido é capaz de captar ondas sonoras de 20 a 20 mil hertz, o que significa que podemos ouvir desde um som muito baixo até um estrondo.

Mas será que ouvir é a sua única função?

Na verdade, o ouvido possui inúmeras funções e características importantes para a nossa vida.

1. Equilíbrio

O papel do ouvido no equilíbrio do corpo humano é fundamental. Já reparou como é comum que infecções no ouvido deixem a pessoa com tontura? Isso acontece porque o ouvido interno possui um fluido que se movimenta junto com o indivíduo, enviando essa informação para o cérebro. Ele, por sua vez, capta essa movimentação e compensa em forma de equilíbrio.

2. Autolimpeza

Graças ao movimento da mastigação, que empurra a cera para fora do ouvido, eles se limpam sozinhos, sem a necessidade do uso de hastes flexíveis.

3. Estudos antropológicos

O cerume também é usado em estudos antropológicos que ajudam a entender as migrações da humanidade, pois existem vários tipos que são determinados por fatores genéticos. A cera úmida, por exemplo, é encontrada em africanos e causacianos, enquanto a cera mais seca é comum nos asiáticos.

4. Menores ossos do corpo

Chamados de estribo, bigorna e martelo, os três ossos juntos são do tamanho de uma moeda. O ouvido interno também é bem pequeno, ainda que tenha cerca de 20 mil células ciliadas.

5. Paladar

Os ouvidos podem alterar a percepção do sabor dos alimentos. Isso acontece porque um nervo localizado no tímpano passa pelo ouvido médio e conecta as papilas gustativas ao cérebro. Por isso, é comum que algumas pessoas que tenham doenças no ouvido ou que passaram por cirurgias recentes no local sintam diferenças no sabor dos alimentos.

Voltar para Notícias