Perda Auditiva

Definição

A perda auditiva ocorre quando a habilidade de ouvir é reduzida e, assim, a pessoa encontra dificuldade ao conversar e ouvir outros sons. É um problema que pode aparecer em qualquer momento da vida, num processo gradual e indolor. Por esse motivo, pode demorar anos para que a pessoa perceba que tem perda auditiva, mas quanto antes o problema for tratado maior é a chance de ter bons resultados e uma melhor qualidade de vida.

Perda Auditiva - O que é ?

Causas

Existem diversos fatores que podem causar perda auditiva, tais como:

  • Exposição constante ou extrema ao ruído
  • Envelhecimento
  • Infecções ou doenças crônicas
  • Acidentes
  • Fatores genéticos
  • Efeito colateral de medicamentos

Quando a perda auditiva é induzida por ruído (PAIR), os danos auditivos podem ser gerados por níveis contínuos de exposição de 85 decibéis. A intensidade sonora através dos fones de ouvido, por exemplo, pode facilmente atingir 110-120dB. Barulhos altos e repentinos como fogos de artifícios também podem causar perda auditiva induzida por ruído.

Prevenção

  • Usar protetor auricular em ambientes muito barulhentos (ex: trabalhadores de construções, fábricas, pistas de aeroportos, etc)
  • Não se expor continuamente a ambientes com altos níveis de ruído (ex: ouvir música em volume alto em shows/fone de ouvido)
  • Não introduzir objetos no canal auditivo, incluindo hastes flexíveis

Sintomas

  • As pessoas ao seu redor parecem murmurar e não falam claramente?
  • Alguém já te disse que teve que repetir várias vezes a mesma frase para você?
  • É difícil para você compreender quando alguém fala atrás de você ou ao seu lado?
  • É difícil para você acompanhar conversas em lugares barulhentos, como por exemplo em restaurantes?
  • Você sai menos de casa porque é difícil acompanhar as conversas com as pessoas nos lugares onde costuma ir?
  • Alguém já te pediu para diminuir o volume da televisão ou do rádio?
  • Você tem dificuldade em compreender a fala da outra pessoa ao telefone?
  • Você tem dificuldade em reconhecer, por exemplo, de qual lado um carro está se aproximando?

Se você se identifica com três ou mais questionamentos acima é recomendável que você procure um médico otorrinolaringologista e um fonoaudiólogo de confiança para um diagnóstico completo.

Diagnóstico

O diagnóstico é realizado através de exames solicitados por otorrinolaringologistas. Um deles é a audiometria, realizado por um fonoaudiólogo, com o objetivo de investigar a menor intensidade de som que você é capaz de ouvir. Depois dos exames, o médico recomendará um tratamento específico para o seu caso.

Lembre-se que quanto mais tempo você demorar para buscar ajuda, mais prejudicial será para a sua qualidade de vida e mais difícil será a adaptação com os aparelhos auditivos, caso eles sejam necessários. As chances de ter um bom resultado são maiores quanto mais cedo for o tratamento.

Tipos de perda auditiva

Condutiva

Ocorre quando o ouvido externo ou médio é lesado ou não funciona apropriadamente, de modo que as ondas sonoras não são transmitidas para o ouvido interno. Quando a disfunção for temporária é possível tratar com cirurgia ou medicação. Algumas causas são:

  • Lesão no ouvido externo
  • Bloqueio do canal auditivo devido à cerúmen ou pequenos objetos
  • Infecções no ouvido externo ou médio
  • Perfuração do tímpano
  • Deformidades congênitas

 

Neurossensorial

Origina-se na orelha interna, quando as células ciliadas da cóclea são danificadas e não conseguem transmitir impulsos elétricos ao cérebro. É o tipo mais comum de perda auditiva e pode ser congênita (de nascimento) ou não.

Mista

Quando tanto o ouvido interno quanto o externo estão prejudicados, dificultando a passagem do som entre eles.

Graus

Os níveis de perda auditiva são classificados em graus:

Graus

Graus

Aparelhos auditivos

Os aparelhos auditivos são desenvolvidos para aumentar o volume dos sons que você deseja ouvir e torná-los mais confortáveis para o seu ouvido. Eles não são capazes de restaurar a audição normal, mas auxiliam no processo de melhora.

A Siemens oferece inúmeras opções de aparelhos auditivos equipados com alta tecnologia, recursos e soluções estéticas para melhorar sua audição sem atrapalhar seu dia a dia.

Tipos de aparelho auditivo

Existem três tipos básicos: aparelhos auditivos com receptor no canal, aparelhos auditivos utilizados atrás da orelha e aparelhos auditivos utilizados na parte interna da orelha. O tipo correto para você dependerá do tipo de deficiência auditiva, da anatomia da orelha, do estilo de vida e das preferências pessoais considerando o design e a tecnologia.

Quanto custa?

Os preços variam de acordo com a tecnologia, as opções e os serviços inclusos na compra. O seu aparelho auditivo ideal irá depender do seu tipo de perda auditiva e suas necessidades específicas.

Teste

Na Acurys você pode testar o aparelho desejado no seu dia a dia para tomar a decisão mais adequada à sua necessidade. Você pode levar seus aparelhos para casa para testá-los nas várias situações auditivas que você costuma frequentar, antes de adquiri-lo. No retorno, você dará o “feedback” às nossas fonoaudiólogas sobre sua experiência com o aparelho.

Clube da Pilha

Ao invés de se deslocar todo mês até a clínica para comprar a pilha do seu aparelho auditivo, você pode fazer parte do nosso clube e recebê-las em casa mensalmente! Saiba mais clicando aqui.

O que fazer quando existe a suspeita de perda auditiva

Melhorando a sua audição

Primeiro, procure um otorrinolaringologista. Ele fará uma avaliação geral da sua orelha e possivelmente pedirá a realização de exames para avaliar a sua audição. Um dos exames é a audiometria, realizada por fonoaudiólogos, que tem como objetivo investigar o quanto você é capaz de ouvir – a menor intensidade audível. O exame dura aproximadamente 1 hora, é indolor e necessita muito da sua colaboração para responder aos sinais acústicos. Fique relaxado e procure ser o mais aberto possível, pois quanto mais informações o fonoaudiólogo ou o otorrinolaringologista têm sobre você, mais fácil será ajudá-lo.

Com os exames em mãos, o otorrinolaringologista lhe recomendará um tratamento. Caso ele indique o uso do aparelho auditivo, você deve procurar novamente um fonoaudiólogo. Através do resultado dos exames e da investigação das suas necessidades auditivas, ele selecionará o aparelho mais adequado para você e lhe fornecerá todas as informações necessárias. Aproveite para esclarecer todas as suas dúvidas.

Existem alguns aparelhos auditivos que são personalizados para sua orelha, como os intracanais. Caso o seu fonoaudiólogo lhe indique um desses aparelhos, ele tirará a impressão da sua orelha. Ela será enviada para o laboratório da Siemens para a produção do aparelho auditivo, o que levará alguns dias. Na sua próxima consulta, o fonoaudiólogo ajustará seu aparelho auditivo. Os ajustes são realizados pelo computador, baseados nos seus exames e nas suas queixas auditivas.

Depois de adquirir os aparelhos auditivos, o fonoaudiólogo lhe dará todas as orientações necessárias para uma boa adaptação e informações sobre como colocar e retirar o aparelho e fazer a limpeza dele. Você pode precisar de ajustes adicionais em seu aparelho e agendar uma nova consulta.

A Siemens possui um programa de acompanhamento após a compra do aparelho. Para saber mais entre em contato com a Acurys!