3 fatos sobre protetores de ouvido

3 fatos sobre protetores de ouvido

3 fatos sobre protetores de ouvido

Os protetores de ouvido são acessórios criados para proteger o usuário de ruídos externos. O material utilizado absorve as ondas sonoras e diminui a percepção do som entre 20 e 30 decibéis. São muito utilizados para concentração e para ajudar no sono. O que você sabe sobre protetores auriculares?

1) Existem vários modelos de protetores de ouvido

Os principais são de silicone, espuma ou tipo concha. O de silicone é totalmente lavável e higiênico. Se forem tomados os cuidados corretamente, ele pode durar por muito tempo. Os protetores de espuma são moldáveis e proporcionam ótimo conforto. Seu tamanho é único e ele é descartável, ideal para uso em um curto período de tempo. Já os protetores em formato de concha lembram um fone de ouvido extra auricular. Costuma ser feito de plástico com bordas almofadadas, sendo bastante confortável. Além disso, são muito resistentes.

2) É permitido dormir com protetores

O acessório é comprovadamente seguro e, por isso, é permitido dormir com ele. Se você possui um sono leve ou passa por uma situação barulhenta em que precisa se concentrar ou dormir, ele pode ser um grande aliado.

3) Podem causar efeitos colaterais

Se utilizados com muita frequência, os protetores auriculares podem empurrar a cera para dentro do ouvido, causando perda auditiva temporária ou zumbido. Além disso, os protetores auriculares podem acumular bactérias, causando infecções nos ouvidos. Por esse motivo, é muito importante usar os acessórios com moderação e realizar sempre a higienização correta.

Bônus: não são 100% eficazes

Como já falamos, os protetores auriculares diminuem a percepção do som em até 30 decibéis. Porém, na maioria dos casos, não são todos os ruídos que são abafados. Quando isso acontece, o ideal é ter um auxílio extra para bloquear os sons e manter um nível de ruído confortável. Dependendo do ambiente e da necessidade, telas e janelas acústicas são algumas alternativas para ajudar a abafar os sons.

 

Voltar para Notícias