Acufeno: síndrome do zumbido constante

Acufeno: síndrome do zumbido constante

Acúfeno é também conhecido como zumbido ou zunido nos ouvidos. Ele está presente em cerca de 15% da população mundial. Embora seja comum encontrar esse sintoma em pacientes, porém a experiência é diferente para todos os pacientes. Isso se dá aos diferentes tipos de zumbidos possíveis.

Acufeno subjetivo

Esse tipo de zumbido é o mais comum, a maioria dos distúrbios no ouvido apresentam esse sintoma. O acufeno subjetivo pode ser inconstante, ou seja, ele varia muito em intensidade, cumprimento, além poder sumir às vezes. As causas mais comuns são os traumas acústicos, presbiacusia e uso de medicamentos ototóxicos.

Acufeno sensorial

O que causa a sensação de zumbido nesse caso é um sistema auditivo prejudicado, devido a vários distúrbios que afeta como o cérebro processa o som. Ele não deixa de ser uma forma de zumbido subjetivo, porém neste caso trata-se de um zumbido neurológico.

Acufeno somático

Normalmente, o acufeno somático é referente ao movimento físico e ao toque como os espasmos musculares tanto na orelha quanto no pescoço, além de problemas dentários. Também chamado de zumbido condutor que significa que a causa é externa e mecânicas, ou seja, às vezes é possível ser escutada pelos outros.

Acufeno objetivo

O mais raro entre todos os anteriores, ele envolve os vasos sanguíneos que estão próximos aos ouvidos. Pode ser causado por um fluxo turbulento ou um pequeno tumor.

Quando procurar um médico

O ideal é que se procure o médico caso o zumbido persista por mais de um dia. Porém, algumas pessoas não vêm a se incomodar com com o zumbido. Contudo, é preciso estar alerta alguns sinais como se ocorre em apenas um ouvido ou se está afetando seu equilíbrio, fala e vida social.

Caso venha despertar alguns desses sinais é importante que procure ajuda médica. Depois de uma avaliação física e um exame o médico poderá indicar o melhor tratamento.

Tratamentos

O tratamento pode ser feito através de cirurgia, próteses auditivas, tratamento do estresse ou transtornos mentais. Além de poder incluir uma dieta mais saudável, sem excesso de açúcares e cafeína que podem causar zumbido.

Voltar para Notícias