Como cuidar de idosos com perda auditiva

Como cuidar de idosos com perda auditiva

Como cuidar de idosos com perda auditiva

Apesar da perda da audição e do zumbido serem cada vez mais comuns em jovens, o número de idosos com perda auditiva ainda é mais frequente. Quando falamos em pessoas acima dos 75 anos, quase metade delas possuem algum tipo de surdez.

A perda auditiva afeta a comunicação, o desenvolvimento e a autoestima das pessoas. Muitas vezes elas se sentem deprimidas e distanciam-se do convívio social. Com a ajuda de um cuidador profissional ou membro da família, é possível ajudar o idoso a ter uma vida normal e com máxima qualidade.

Cuidados com o idoso

É importante que o cuidador saiba da condição da audição da pessoa que está sendo cuidada. Se ela tiver perda auditiva, é necessário estabelecer a comunicação da melhor forma possível.

Se vocês estiverem em ambientes diferentes, dificilmente o idoso vai conseguir ouvir o que está sendo dito. Por isso, a primeira dica ao iniciar um bate papo é conseguir a atenção da pessoa, estabelecendo contato visual e falando frente a frente. Dessa forma, a leitura labial ajuda a entender o que é falado. Caso o idoso esteja de costas, você pode tocar em seu braço para chamar a sua atenção.

Quanto mais ruídos houver em um ambiente, mais difícil será a compreensão da fala. Portanto, diminua os sons do ambiente: desligue a TV ou o rádio, saia de perto da máquina de lavar, ventiladores ou outros eletrodomésticos que emitam sons.

Cuidado com o tom de voz. É normal que quando uma pessoa não entende o que estamos falando, o nosso instinto seja falar mais alto. Porém, nem sempre esse é o melhor caminho, pois o paciente pode achar que você está gritando com ele. Nesses casos, o ideal é se posicionar frente a frente para facilitar a leitura labial. Depois, repetir o que foi falado mais devagar e claramente, fazendo pausas entre as palavras.

A última dica é: seja paciente! Lidar com a perda da audição é uma tarefa árdua. Por isso, é necessário ter calma, ser uma pessoa positiva e descontraída. Mostrar-se sempre disponível a ajudar é também uma característica que deixa o idoso mais confortável com a situação.

Cuidados com os aparelhos auditivos

Caso o idoso faça uso de aparelhos auditivos, é imprescindível que o cuidador entenda como ele funciona e alguns procedimentos básicos, como a troca de pilhas e a limpeza. Algumas dicas principais são:

  • A umidade é inimiga dos aparelhos auditivos. Por isso, é preciso retirá-los antes do idoso entrar no banho ou sair na chuva. Se o idoso transpira bastante, é importante secar a área de contato com os aparelhos auditivos frequentemente.
  • Durante a noite, não se esqueça de colocar os aparelhos no desumidificador.
  • Para a troca das pilhas, retire o selo da pilha nova e aguarde 1 minuto para ativação completa. Depois utilize-a normalmente. As pilhas novas devem ser guardadas em um local seco e protegido do calor.
  • A limpeza deve ser feita apenas com um pano limpo e seco, sem o uso de nenhum produto químico ou água.

Em caso de dúvidas, entre em contato com o fonoaudiólogo. Periodicamente é necessário realizar consultas para avaliar o funcionamento e fazer ajustes no aparelho.

Se você é um cuidador e desconfia que um paciente possui perda auditiva, avise a família e instrua a procurar um especialista. O primeiro passo é a realização de exames e, após a confirmação do diagnóstico, são avaliadas as melhores formas de tratamento para cada caso.

Voltar para Notícias