fbpx

Como prevenir perda auditiva em crianças

A maioria dos casos de perda auditiva em crianças podem ser evitados

Como prevenir perda auditiva em crianças

Se você tem uma criança em casa, este texto é para você! De acordo com a OMS, 60% dos casos de perda auditiva em crianças podem ser evitados. Para te ajudar a cuidar da audição dos pequenos, preparamos este material com dicas simples e muito eficientes.

Observação é a saída para prevenir perda auditiva em crianças

O olhar atento para os comportamentos da criança é uma das medidas mais eficazes para combater a perda auditiva. Isto porque assim é possível descobrir e tratar o caso de forma precoce.

Nossa fonoaudióloga aqui da Acurys deixa claro como é que devemos agir para cuidar da audição dos pequenos: observando suas reações! “Desde que nasce, o bebê já se assusta com uma batida de porta, reage a sons, localiza de onde vêm, na hora em que a mãe entra e fala ele se acalma com sua voz, por exemplo. Com seis meses de idade ele já consegue localizar para direita e esquerda, com nove meses ele já localiza em cima”, diz Juliana Arbex.

Se você percebe que seu bebê não reage a sons, este pode ser um sinal de que há algo errado com a audição. “É muito importante as mães estarem atentas para este comportamento auditivo da criança. Quanto antes ela buscar um tratamento com um otorrinolaringologista ou com o próprio pediatra, a gente pode evitar perdas de audição com um diagnóstico precoce”, afirma Juliana.

Carteirinha de vacinas em ordem

É muito importante também falar que existem as perdas auditivas que são infecciosas. Por isso, manter as vacinas de rubéola, caxumba e meningite, por exemplo, é extremamente necessário. 

Cuidado na amamentação

Sim, quando o assunto é a saúde auditiva de bebês, até a amamentação influencia. “A mãe às vezes tem o hábito de amamentar deitada na cama, mas o canal auditivo da criança ainda é muito deitadinho. Então, o leite pode ir para o canal auditivo e causar uma infecção, muitas vezes sem dor e sem febre. E como a gente vai saber? Ficando atento àqueles sinais”, afirma Juliana Arbex.

Exames auditivos em dia

Logo que nasce, o primeiro exame auditivo que um bebê faz é o teste da orelhinha. O exame identifica problemas auditivos no recém-nascido, como a surdez, que dificulta a aprendizagem e a fala da criança.

O teste é gratuito e desde 2010 é obrigatório por lei que nenhuma criança deixe a maternidade sem ter realizado o exame. Quando o parto é realizado fora do ambiente hospitalar, o teste pode ser feito antes do bebê completar 3 meses de vida. 

Porém, o ideal é não passar dos 28 primeiros dias a partir do nascimento, já que após esse período a frequência do sono começam a diminuir, o que interfere na realização do procedimento.

Nós ajudamos você

Na Acurys, nós temos uma equipe de fonoaudiólogas especializadas para atender você. Trabalhamos desde 2008 para que nossos clientes possam escutar a vida nos momentos mais simples da vida. Para marcar uma consulta conosco é só clicar aqui.

Voltar para Notícias