Recursos que auxiliam o entretenimento para pessoas com perda auditiva

Recursos que auxiliam o entretenimento para pessoas com perda auditiva

Recursos que auxiliam o entretenimento para pessoas com perda auditiva

A Organização Mundial da Saúde estima que até 2055 haverá 900 milhões de pessoas com perda auditiva no mundo. No Brasil, 14% da população já sofre com algum grau de surdez. Porém, as ações de inclusão ainda são mínimas, considerando as dificuldades e falta de preparo dos brasileiros em relação ao assunto. Mas não vale perder as esperanças! No post de hoje vamos falar sobre algumas ações que já foram realizadas visando o entretenimento:

Uso de aparelhos auditivos

Uma das formas de melhorar o acesso ao entretenimento é utilizar aparelhos auditivos. Com eles, a pessoa consegue ouvir melhor rádios, programas de TV, shows, palestras, entre outros. Além disso, hoje em dia existem aparelhos que permitem conexão direta com o som da TV, por exemplo. Isso significa que o áudio de um programa vai diretamente para o aparelho auditivo, facilitando ainda mais a compreensão do que é falado.

Legendas

Para as pessoas que não possuem acesso a esses aparelhos, são necessários outros recursos para possam acompanhar filmes na TV, por exemplo, sem dificuldade. Uma das maneiras é a adição de legendas por meio da closed caption (CC). Assim, mesmo que o áudio seja em português, as legendas facilitam a compreensão de um programa para pessoas com perda auditiva. Plataformas de streaming, como a Netflix, também possuem a possibilidade de legendar a programação.

O Youtube é uma das mais famosas plataformas de compartilhamento de vídeos no mundo. Pensando em atingir um público internacional e também na inclusão social, a plataforma disponibilizou para os donos dos canais uma ferramenta que permite a construção de legenda para seus vídeos. Elas podem ser colocadas de forma automática ou manual.

Alguns canais já utilizam essa ferramenta, mas é uma iniciativa que precisa ser abraçada por mais internautas. Em 2017 foi criada a campanha #YoutuberPoeLegenda para incentivar produtores de conteúdo a legendarem seus vídeos para auxiliar a comunidade surda.

Inclusão no Carnaval 2019

No carnaval de 2019, Anitta levou inclusão social para seus blocos no Rio de Janeiro e em São Paulo. A cantora convidou cerca de 50 participantes com algum grau de perda auditiva para utilizarem uma mochila especial em seu show. As mochilas vibravam de acordo com a batida da música, fazendo com que as pessoas pudessem sentir os sons. Além disso, as apresentações também contaram com intérpretes de libras para as letras das canções.

A ação ajudou as pessoas a entenderem a importância da inclusão e da diversidade. Em entrevista para a Folha de São Paulo, Anitta sugeriu que as mochilas continuassem em seus shows. Dessa forma, mais pessoas com perda auditiva podem participar da experiência.

O entretenimento e a diversão são direitos de todas as pessoas. É por isso que ações como as citadas acima precisam ser valorizadas e cada vez mais frequentes. Gostou do conteúdo? Compartilhe com mais pessoas nas redes sociais!

Voltar para Notícias